sexta-feira, 19 de agosto de 2011

4º motivo da Rosa

'Não te aflijas com a pétala que voa:
também é ser, deixar de ser assim.


Rosas verá, só de cinzas franzida,
mortas, intactas pelo teu jardim.


Eu deixo aroma até nos meus espinhos
ao longe, o vento vai falando de mim.


E por perder-me é que vão me lembrando,
por desfolhar-me é que não tenho fim.'


Cecília Meireles
In Mar Absoluto

4 comentários:

  1. This site is good because they give us a new thing and new ideas and new topic how good all of they are we should appreciate them because of these good thing.
    Home Security

    ResponderExcluir
  2. I found your blog when I was looking for a different sort of information but I was very happy and glad to read through your blog. The information available here is great.Houston Alarm Monitoring

    ResponderExcluir
  3. Very cool post. I just recently started following your blog, but I look forward to contributing more in the future.Houston Home Security

    ResponderExcluir
  4. "E ser artista no nosso convívio pelo inferno e céu de todo dia pra poesia que a gente não vive transformar o tédio em melodia..."
    Sinto tua falta, Thainá. kkk Mais do que eu gostaria de admitir.

    ResponderExcluir