sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Flor e nuvem. Estrela e mar.


'Sou entre flor e nuvem,
estrela e mar.

Por que havemos de ser unicamente humanos,
limitados em chorar?

Não encontro caminhos
fáceis de andar

Meu rosto vário desorienta as firmes pedras
que não sabem de água e de ar
E por isso levito.

É bom deixar
um pouco de ternura e encanto indiferente
de herança, em cada lugar.

Rastro de flor e estrela,
nuvem e mar.

Meu destino é mais longe e meu passo mais rápido:
a sombra é que vai devagar.'

Cecília Meireles


Um comentário:

  1. I am quite excited that I came across this website. I did not find out any other informative site on this subject matter prior to visiting your site. This is one of the best websites I have ever come across. I hope you never stop writing informative articles.Houston Alarm Monitoring

    ResponderExcluir