sábado, 9 de janeiro de 2010

É verdade?


Ele disse que disseram a ele (mas era um pintor, tinha propriedade), que Salvador Dalí usava mel no bigode para se tornar atraente ao mundo das moscas, abocanhava uma quando ela chegava perto, e o zumbido dela, lá dentro da caverna feita de dentes e céu da boca, produzia nele uma inspiração fortíssima.

Não sei se é verdade. De qualquer forma, também disse que Dalí fazia parte do realismo fantástico: sua obra não era surrealista, pois havia formas nítidas, mas retratava, muitas vezes, algo impossível, irrealisável, fantástico.

Não pesquisei. De propósito, não pesquisei. Nem tudo precisa ser procurado na internet. Essa verdade, por enquanto, me deixou satisfeita. E é uma explicação plausível.

Realismo fantástico. Algo que é real, mas é fantástico, uma realidade possível retratada de forma impossível.


Que minha vida seja uma realidade fantástica.

3 comentários:

  1. O mel está em você. Saiba aproveitá-lo!

    ResponderExcluir
  2. Como se chama a obra???

    ResponderExcluir
  3. achei nuito linda sua obra parabéns pelo seu trabalho

    ResponderExcluir